UFSC » Portal do Professor » Noticias
Informações úteis aos Docentes da UFSC

Pós-Graduação em Literatura abre inscrições para 2017
Publicado em 25 de setembro de 2016

O Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade do Federal de Santa Catarina (PPGLit/UFSC) faz saber aos interessados que, nos dias 25 e 26 de outubro de 2016, estarão abertas as inscrições para a seleção dos candidatos ao Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Literatura, cursos de mestrado e de doutorado, área de concentração em Literaturas, para turma com início no 1º semestre de 2017.

Mais informações:

3721-3799 / www.literatura.ufsc.br

Facebook Twitter

Seminários de Robótica continuam nesta segunda e quinta-feira
Publicado em 25 de setembro de 2016

O coordenador do Laboratório de Robótica da UFSC, professor Daniel Martins, divulga a programação de seminários da disciplina Cinemática Avançada de Robôs. As apresentações ocorrem durante o mês de setembro e são abertas ao público.

Aluno Tema Data Horário Sala
Thaís Matroides aplicados a robôs por cabos 26/09 10h – 12h Sala de Informática**
Vinícius G. Robôs reconfiguráveis para reabilitação 29/09 8h – 12h Auditório do Posmec
Vinícius A. Síntese de suspensão regenerativa

*Bloco B da Engenharia Mecânica.

**Bloco A da Engenharia Mecânica.

Mais informações pelo e-mail daniel@emc.ufsc.br

Facebook Twitter

Sessão ordinária do Conselho Universitário na terça, 27
Publicado em 23 de setembro de 2016

O Conselho Universitário (CUn) da UFSC se reúne em sessão ordinária no dia 27 de setembro (terça-feira), às 14h, na Sala “Professor Ayrton Roberto de Oliveira” (Sala dos Conselhos). A sessão será transmitida ao vivo.

Ordem do dia: 

 

1. Apreciação da ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 30 de agosto de 2016

 

2. Processo nº 23080.039415/2016-00

Requerente: Auditoria Interna (AUDIN)

Assunto: Apreciação da proposta de Regimento Interno da Auditoria Interna (AUDIN) da Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Wilson Erbs

Situação: Em diligência

 

3. Processo nº 23080.046613/2016-11

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão

Assunto: Apreciação da proposta de minuta da Resolução Normativa, a qual regulamentará as equipes de competição da Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Gregório Jean Varvakis Rados

 

4. Processo nº 23080.027167/2012-12

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão

Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 8/CUn/2010, a qual estabelece as normas que regem a criação, o reconhecimento e o funcionamento de empresas juniores na Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Wagner Leal Arienti

 

5. Processo nº 23080.047427/2015-19

Requerente: Centro de Ciências Jurídicas (CCJ)

Assunto: Apreciação da proposta de solicitação de alteração do Regimento Interno do Centro de Ciências Jurídicas

Relator: Conselheiro Edson Roberto de Pieri

 

6. Processo nº 23080.018898/2013-58

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão

Assunto: Apreciação da proposta de Resolução Normativa que dispõe sobre as normas que regulamentam as ações de extensão na Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Arno Dal Ri Júnior

 

7. Processo nº 23080.044815/2013-86

Requerente: Valmir Alves

Assunto: Apreciação do recurso interposto pelo servidor Valmir Alves referente à Abertura de Processo Administrativo Disciplinar

Relator: Conselheiro Sérgio Fernando Torres de Freitas

 

8. Processo nº 23080.039066/2016-18

Requerente: Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU)

Assunto: Apreciação da solicitação de renovação de credenciamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU), como fundação de apoio, junto à Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)

Relator: Conselheiro Sérgio Fernando Torres de Freitas

 

9. Informes gerais.

Facebook Twitter

Série ‘Monumentos’: relógio de sol homenageia cultura açoriana
Publicado em 23 de setembro de 2016

Em 2004, Eduardo de Souza, aluno de Geologia da UFSC, levou ao designer e arquiteto Vicenzo Berti o Trabalho de Conclusão de Curso que queria realizar: um monumento em homenagem aos açorianos. Os rascunhos, trabalhos das duas mentes, miravam alto – pelo menos 4,5 metros de altura. Um grande bloco de concreto, apontado num ângulo de 27° ao Equador Celeste. Assim era o conceito do Monumento Açores-Brasil, um relógio de sol a ser construído na Universidade e no Arquipélago dos Açores (ilhas Terceira, Pico, São Jorge, Faial e Gracios).

© Pipo Quint / Agecom / UFSC

Foto: Pipo Quint/Agecom

Erguida sobre uma rosa dos ventos, o Monumento Açores-Brasil é um tributo à presença da cultura açoriana em Florianópolis, que na época datavam 256 anos. O objeto mede a hora do dia, das 6h às 17h, conforme o ângulo da incidência dos raios solares no momento. A sombra, que funciona como ponteiro, é projetada por uma haste, denominada gnômon.

O monumento foi construído numa fôrma de silicone e metal chamada de “negativo”, enquanto as rodas foram feitas em argila, tudo posteriormente coberto com concreto. Com tamanho aproximado de 2,20m, a obra foi custeada totalmente pelo governo dos Açores, num gasto aproximado de 50 mil reais. O relógio no Arquipélago não foi construído devido aos seus custos elevados.

Mais do que medir horas

A figura do relógio de sol remete à ligação do ser humano com o senso de localização e codependência com a natureza. Símbolo do esforço e interesse da humanidade em saber seu lugar no mundo, esses objetos datam desde 3500 a.C., com os obeliscos egípcios. Tal relação é presente na história dos imigrantes açorianos, ligada à questão das viagens e de seu enraizamento em Florianópolis.

[Imagem: Reprodução/NEA]

Projeto inicial visava a relógio de sol com até 4,5 metros de altura. Imagem: Reprodução/NEA

As formas presentes no relógio de sol também são inspiradas em heranças culturais associadas à figura do açoriano. O círculo com dentes quadrados simboliza a roda bolandeira, peça essencial da moagem de tração animal nos antigos engenhos do litoral catarinense a figura também está presente no brasão de armas da UFSC.

Em 1748, os primeiros imigrantes do Arquipélago dos Açores chegaram à Ilha de Santa Catarina, com portugueses, incorporando seus hábitos, atividades e costumes. Dados do Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) apontam que até 1756, cerca de 4.500 açorianos chegaram ao país, espalhando-se pelo litoral de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Gabriel Daros Lourenço/Estagiário de Jornalismo/Agecom/UFSC

Facebook Twitter

Abertura do ’1º Fórum Harmonia, Integridade e Ética no Brasil’ dia 29
Publicado em 23 de setembro de 2016

A solenidade de abertura  do “I Fórum Harmonia, Integridade e Ética no Brasil” ocorrerá em 29 de setembro, às 10h, no auditório do Centro de Cultura e de Eventos da UFSC. O evento, cuja entrada é franca, tem como objetivo promover o amplo debate de questões atuais e relevantes para a inviolabilidade dos bens tutelados pelo Direito e, de consequência, para a efetiva aplicação da Justiça.

Além disso, o Fórum tem a finalidade de apoiar e divulgar os relevantes serviços desenvolvidos pela Associação Senhora de Lourdes, que não tem fins lucrativos, em prol da comunidade local, bem como angariar alimentos não perecíveis a serem destinados a outras entidades que prestam assistência social em Florianópolis.

Confira a programação completa do Fórum.

Mais informações no site do evento.

Facebook Twitter

Palestra na UFSC sobre Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina
Publicado em 23 de setembro de 2016

palestra_histArquiteto da UFSC, Roberto Tonera realiza palestra sobre o Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina no dia 29 de setembro, às 20h, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). A palestra trata das fortificações existentes e as desaparecidas e a atuação da UFSC na gestão das principais fortalezas desse sistema. O evento é direcionado aos alunos das fases iniciais do curso de História, mas aberto aos interessados em geral.

O Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina

O Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina é tema não somente da palestra e da exposição, como também do livro As defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786 – organizado por Roberto Tonera e Mário Mendonça de Oliveira – e do Banco de Dados Internacional sobre Fortificações, coordenado também pelo arquiteto. 

Serviço

Evento: palestra sobre o Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina.

Local: auditório do CFH – Campus Florianópolis.

Data: 29 de setembro de 2016.

Horário: 20h.

Valor: entrada gratuita.

Realização: Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina/SeCArte e Curso de História.

Mais informações: Roberto Tonera – e-mail: roberto.tonera@ufsc.br ou por telefone: (48) 3721-5118, (48) 9963-6324 / Professor João Klug – e-mail: joaoklug@yahoo.com.br ou por telefone: (48) 3721-8622.

Facebook Twitter

Encontro abordará temáticas de tratamento, segurança e logística dos resíduos químicos da UFSC
Publicado em 23 de setembro de 2016

Gestao de Residuos - 3 Encontro (2)O “Projeto de Resíduos Químicos e Especiais da UFSC” promoverá nos dias 29 a 30 de setembro de 2016, no auditório da Pós-Graduação, Bloco H, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), o III Encontro Interno sobre Resíduos Químicos e Especiais da UFSC. O evento apresentará os resultados do Projeto e abordará as temáticas de tratamento, segurança e logística dos resíduos químicos da UFSC.

As inscrições são limitadas e devem ser feitas pelo link http://migre.me/v2mMT.

Mais informações no site gestaoambiental.ufsc.br.

Facebook Twitter

Projeto exibe filmes sobre deficiência e no dia 29 será ‘Família Bélier’
Publicado em 23 de setembro de 2016

II CiNEDO CiNED, projeto de extensão criado pelo Núcleo de Estudos sobre Deficiência (NED) da UFSC, promove uma sessão de cinema por mês sobre temáticas que perpassam a deficiência seguida de um debate com convidados. Em setembro será abordado o tema família e haverá depoimentos de filhos sem deficiência de pais com deficiência. O filme “Família Bélier” será exibido no dia 29 de setembro, às 18h30, no miniauditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH).

Mais informações no Facebook.

 

Facebook Twitter

Evento alusivo ao dia da Doença de Alzheimer promove dia 27 atividades entre idosos e familiares
Publicado em 23 de setembro de 2016

No dia 27 de setembro (terça-feira) será realizada a festa da primavera, evento alusivo ao dia da Doença de Alzheimer, no Horto Florestal do Córrego Grande, às 14h30. Haverá atividades de integração entre os idosos e seus familiares. As atividades programadas incluem oficinas de arte, oficinas de memória e cognição, atividades de alongamento e relaxamento, finalizando com um lanche de confraternização.

A Doença de Alzheimer é uma enfermidade neurodegenerativa e progressiva, que se inicia com sintomas leves, podendo chegar a fases mais avançadas de completa dependência. Assim, é de suma importância que a família e seus cuidadores recebam atenção e orientação para o cuidado de si e com o próprio doente. Neste sentido, funciona há mais de 20 anos no Hospital Universitário (HU) o Grupo de Ajuda Mútua de Familiares de Idosos com Doença de Alzheimer ou Doenças Similares.

Facebook Twitter

Inscrições abertas para programa de intercâmbio Brasil – Colômbia
Publicado em 23 de setembro de 2016

coimbraA Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) informa que estão abertas as inscrições para o Programa de Intercâmbio de Estudantes Brasil – Colômbia cuja finalidade é a promoção do intercâmbio de estudantes de nível superior entre as instituições membros do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB) e Associación Colombiana de Universidades (ASCUN).

As inscrições deverão ser realizadas entre 22 de setembro e 12 de outubro de 2016.


Conheça todas as normas, benefícios e requisitos para candidatura do Programa no Edital 12/2016/SINTER.
Cronograma:

EVENTO PRAZO
Divulgação do Edital dia 22 de setembro de 2016
Inscrição dos candidatos de 22 de setembro a 12 de outubro de 2016
Divulgação do resultado da primeira fase dia 14 de outubro de 2016
Prazo para recurso dia 16  de outubro de 2016
Entrevista dos candidatos selecionados dias 17 e 18 de outubro de 2016
Divulgação do resultado final dia 19 de outubro de 2016

Contato:  programas.sinter@contato.ufsc.br

Facebook Twitter

Grupo de pesquisa em Marca, Informação e Comunicação Organizacional promove workshop de técnicas de ilustração
Publicado em 23 de setembro de 2016

cartaz workshop ilustração3O grupo de pesquisa Sigmo (Significação da Marca, Informação e Comunicação Organizacional) promove, na próxima terça-feira, dia 27,  às 18h na sala 133, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), o workshop “Ilustração para identidade corporativa”. O evento tem custo de R$ 25,00 e as inscrições podem ser feitas pelo link. O objetivo é ensinar técnicas de ilustração para o desenvolvimento de símbolos para marcas, design de superfície e outros produtos gráficos de identidade corporativa.

O workshop será ministrado pelo professor Douglas Menegazzi.

Mais informações: douglasmenegazzi@gmail.com

 

Facebook Twitter

Sinter informa abertura de inscrições para disciplinas em inglês da USAC
Publicado em 23 de setembro de 2016

USACA Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) informa que estão abertas inscrições para disciplinas em inglês do University Studies Abroad Consortium para alunos da UFSC.

As disciplinas oferecidas são:

Brazilian Anthropology & Culture
Peoples of the Amazon
Strategic Management & Policy

Survey of Brazilian Literature

As vagas são uma oportunidade para os estudantes brasileiros entrarem em contato com o ambiente internacional, praticarem o idioma e aprimorarem seus conhecimentos acadêmicos. O prazo final para as inscrições é dia 29 de setembro, às 17h. Mais informações pelos telefone (48) 3721-6208 ou pelo e-mail renato.carvalho@usac.unr.edu.

Facebook Twitter

Núcleo promove curso de ‘Educação nas Relações Étnico-Raciais’
Publicado em 23 de setembro de 2016

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros (Nieaab) realiza, na próxima sexta-feira, dia 30, o curso ‘Educação nas Relações Étnico-Raciais’, na Sala 626 do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC, Centro de Ciências da Educação (CED). As inscrições podem ser feitas no link.

Facebook Twitter

Grupo de Atenção Psicológica ao Paciente com Doenças Dermatológicas Auto-imunes abre inscrições
Publicado em 23 de setembro de 2016

O Serviço de Atenção Psicológica da UFSC (Sapsi) em parceria com o Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário (HU) abrirá inscrições, de 26 a 29 de setembro, para o Grupo de Atenção Psicológica ao Paciente com Doenças Dermatológicas Auto-imunes – dermatite atópica, psoríase e vitiligo.

O grupo tem como objetivo dar apoio psicológico e orientar os pacientes sobre as condições dessas doenças. A atividade é coordenada pela psicóloga Carla Schubert Sengl, com a colaboração do médico dermatologista Daniel Holthausen Nunes.

As atividades do grupo serão realizadas no período de 5 de outubro a 30 de novembro, sempre às quartas-feiras, das 18h30 às 20h, no Sapsi. As inscrições devem ser feitas por telefone para agendamento de uma entrevista inicial. Mais informações e inscrições: (48) 3721-9402.

Facebook Twitter

Pós-Graduação em Farmacologia divulga data de inscrições para processo seletivo
Publicado em 23 de setembro de 2016

A coordenação do Mestrado Profissional em Farmacologia (MPFMC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a abertura das inscrições, de 1º de outubro a 10 de novembro, para o processo de seleção e admissão no Programa de Pós-Graduação em Farmacologia – nível mestrado profissional.

Serão oferecidas 12 vagas para a realização do Mestrado no período de março de 2017 a fevereiro de 2019. Os candidatos podem se inscrever pessoalmente até o dia 10 de novembro, das 8h às 12h, ou enviar a documentação solicitada pelos Correios para o endereço disponível no edital.

O processo seletivo será dividido em duas etapas: a primeira consiste em uma prova escrita no dia 22 de novembro. A segunda etapa é a de arguição do currículo e da carta de intenções do candidato, nos dias 23 e 24 de novembro de 2016.

Mais informações na página do MPFMC.

 

Facebook Twitter

Equipes multidisciplinares de competição da UFSC aguardam aprovação de regulamentação normativa
Publicado em 23 de setembro de 2016

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) atualmente tem seis equipes multidisciplinares de competição, atuando no campus Florianópolis, todas localizadas no Departamento de Engenharia Mecânica, que inclusive, é o curso onde se concentra o maior número de integrantes das equipes. São elas: a Ampera Racing (Equipe de Fórmula Elétrico), Baja UFSC (Equipe de Mini Baja), Céu Azul (Equipe de AeroDesign), E³ (Equipe de Eficiência Energética), Fórmula UFSC (Equipe de Fórmula Combustão) e Vento Sul (Equipe de Barcos Solares).

Baja Sul

Equipe Baja UFSC em premiação de 2013. (Foto: Divulgação)

A ideia do projeto UFSC Compete nasceu em 2007, com o intuito de unir todas as equipes em um único espaço e criar um ambiente inovador. O objetivo das competições é de introduzir os estudantes no meio de trabalho coletivo, levando em conta o aprendizado sobre projeto, gestão e coletividade e aproximando os alunos ao mercado. A regulamentação normativa das equipes de competição deve ser aprovada pelo Conselho Universitário no dia 27 de outubro. A proposta já foi aceita pela Câmara de Extensão, com o propósito de representar a UFSC em competições de cunho acadêmico.

Embora os participantes estejam mais reunidos nas engenharias, do Centro Tecnológico (CTC), já foram envolvidos membros de diferentes cursos, como psicologia, administração, química, jornalismo, engenharia ambiental e design. Hoje, a equipe mais heterogênea, se tratando de alunos da graduação, é a Vento Sul.

Neste momento, não existem alunos de outras áreas que não sejam as tecnológicas e exatas. Porém, segundo o professor do Departamento de Engenharia Mecânica, Rodrigo de Souza Vieira, as competições estão concentradas nas engenharias, basicamente por causa do perfil dos cursos. “São competições de engenharia, a maioria é pra fazer veículo, então é necessário engenharia pra isso”, afirma, ponderando que é importante que cada vez mais as equipes incluam estudantes de outros cursos.

Foto: Karla Quint/Propesq

Seleção
As equipes realizam processos seletivos para novos membros, pelo menos uma vez por ano. Cada uma possui sua particularidade, são feitas divulgações no CTC, para que a pessoa se inscreva e deixe suas informações. Depois são realizadas entrevistas e uma seleção prévia sobre os perfis dos inscritos, que são escolhidos de acordo com a necessidade da equipe e dos projetos a serem desenvolvidos.

Cada uma das equipes tem um cronograma fixo para as competições e contam com um professor-orientador para os projetos. Entretanto, os alunos são responsáveis pela própria criação e desenvolvimento, e geralmente é fornecida certa liberdade para instigar a criatividade deles. Contudo, dependendo do regulamento das competições, algumas ideias são restringidas, já que os critérios básicos de avaliação não podem ser ignorados.

Um dos grandes desafios de desenvolver os projetos é o investimento, já que a universidade fornece a parte de logística, como o transporte dos alunos e veículos. Entretanto, a grande parte de gastos é de responsabilidade dos integrantes. Para isso, são utilizados mecanismos como a venda de ingressos para festas, brindes, camisetas, bonés e chaveiros. Em casos mais específicos, alguns apoios contribuem na forma financeira, que é muito mais raro, ou na de serviço.

As competições brasileiras também qualificam as equipes para competirem no exterior, que dependendo das colocações, ganham a taxa de inscrição. O foco são competições nacionais, mas se houver um bom resultado, eles viajam para o exterior. Porém, alguns custos são exclusivos do aluno que se dispõe a participar das disputas internacionais.

A equipe subiu ao pódio neste sábado, 14 de julho, como terceira melhor no trajeto final do mundial. Fotos: Vento Sul

A equipe de barcos solares Vento Sul, durante premiação. Foto: Divulgação

“A participação nas equipes do UFSC Compete colabora para a formação do aluno, como o desenvolvimento de soluções inovadoras que são limitadas por regras e regulamentos, noções de gerenciamento e organizações de trabalhos em equipe, conforme as atividades exercidas pelo capitão e as gerencias de diversas áreas da equipe, incentivando o senso de responsabilidade”, afirma o professor Rodrigo Vieira. Além de ser uma preparação para o ambiente profissional, os estudantes também tem a oportunidade de representar a Universidade em competições nacionais e internacionais.

SAE
Foi em 1973 que a ideia de competição acabou sendo trazida para as escolas de engenharia, através do Recreational-Ecological-Vehicle (REV), planejado pelo Dr. William R. Shapton. Já em 1976, nasceu a Mini Baja Est, promovida pela Sociedade dos Engenheiros Automotivos – SAE, que depois se tornaria Baja SAE.

A SAE se estabeleceu no Brasil com o intuito de disseminar a tecnologia e o progresso da mobilidade e motivar os estudantes nessa área. Ela desenvolve competições como a BAJAAeroDesign e Fórmula.

Com o tempo, essas competições foram crescendo, inclusive ao chegar no Brasil. Desta maneira, várias universidades brasileiras passaram a adotar essas atividades para desempenhar uma formação mais ampla para seus alunos. Por isso, a UFSC também começou a fazer parte das competições nacionais, inserida desde a década de 90.

Os grupos estão em constante diversificação de integrantes. Portanto, a solução encontrada para que parte da gestão de conhecimento das equipes não seja invalidada, foi o registro de artigos científicos que tratam sobre os procedimentos usados, como uma maneira de repassar os conhecimentos para novos participantes. No entanto, é um procedimento de experimentação. “Isso hoje ainda é um desafio, um desafio pra todos”, finaliza Rodrigo Vieira.

Karla Quint/Estagiária de Jornalismo/Propesq/UFSC

 

Facebook Twitter

DIVULGA UFSC – 23/09/2016 – Edição 805
Publicado em 23 de setembro de 2016

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

www.divulga.ufsc.br – 23/09/2016 – Edição 805

UFSC sedia seminário internacional de literatura infantil e juvenil

O VII Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (VII SLIJ):  Linguagens poéticas pelas frestas do contemporâneo e II Seminário Internacional de literatura infantil e juvenil e práticas de mediação literária (II SELIPRAM) serão realizados na UFSC entre os dias 26 e 28 de setembro. No dia 26/09 haverá o lançamento de quatro livros de professores do CED. Continue a leitura » ».

Autoritarismo no Brasil e ditaduras na América Latina são alguns dos temas do Seminário Direito e Exceção

O Seminário Direito e Exceção, organizado pelo Programa de Educação Tutorial (PET) de Direito da UFSC, será realizado entre 26 e 29 de setembro, nos auditórios do Centro Socioeconômico (CSE) e do Fórum do Norte da Ilha, ao lado do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ). Continue a leitura » ».

Palestra sobre proteção do meio ambiente nas perspectivas do direito público e do privado

O Grupo de Pesquisa de Direito Ambiental e Ecologia Política (GPDA) convida a comunidade acadêmica para a palestra “The protection of the environment between private law and public law: a comparative law perspective” , que será ministrada em inglês pela professora Barbara Pozzo, da Universidade de Insubria (Itália). A palestra será no dia 26 de setembro, no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ). Com direito a certificado de cinco horas. Mais informações: www.gpda.ufsc.br  ou  Facebook .

Palestra ‘Prevenção ao Suicídio’ no Centro de Cultura e Eventos dia 27

A Coordenadoria de Promoção e Vigilância em Saúde (CPVS/DAS) promoverá a palestra de “Prevenção ao Suicídio” na próxima terça-feira, 27 de setembro, com o presidente da Associação Catarinense de Psiquiatria, Eduardo Mylius Pimentel. A palestra será realizada na Sala Calêndula no Centro de Cultura e Eventos, em Florianópolis, às 15h, com transmissão por web-conferência. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 26 de setembro pelo e-mail promocaosaude.das@contato.ufsc.br  ou pelos telefones (48) 3721-4274 ou (48) 3721-4262. As vagas são limitadas. O participante terá direito a certificado.

Rádio Ponto UFSC apresenta entrevistas com candidatos à Prefeitura de Florianópolis

A Rádio Ponto UFSC, projeto de extensão do Curso de Jornalismo, realizará a cobertura das Eleições Municipais 2016. Até o dia 29 de setembro, uma das principais atrações será uma série de entrevistas com os candidatos à prefeitura de Florianópolis produzidas pelas equipes do programa Repórter UFSC. O programa, veiculado diariamente, a partir das 13h, entrevistou os sete candidatos à prefeitura da capital. No dia 2 de outubro, a Rádio Ponto vai fazer uma cobertura ao vivo das eleições, a partir das 8h. Continue a leitura » ».

“Quem tem medo de Ópera?” nesta sexta

O curso de extensão “Quem tem medo de Ópera?” promove nesta sexta-feira, dia 23/09, às 18h30min, na sala HASSIS (CCE/UFSC), o estudo de Giuseppe Verdi: os “Il trovatore”, ópera em 4 atos, com libretto de Salvadore Cammarano, baseada no romance homônimo de Antonio García Gutiérrez. Informações no blog medodeopera.blogspot.com.

Confraria Literária divulga eventos de setembro

O Colégio de Aplicação, por meio do projeto de extensão “Confraria Literária CA/UFSC: fomento à leitura e ativismo cultural” busca promover o incentivo à leitura e às manifestações culturais e tem como objetivo criar um espaço para troca de ideias e conhecimentos sobre vários aspectos culturais da literatura, do cinema, da música e do teatro. O próximo encontro será dias 26, 27 e 28 de setembro. Continue a leitura » ».

Semana da Agronomia

A Semana da Agronomia será realizada entre os dias 26 e 30 de setembro no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O evento acadêmico do Centro de Ciências Agrárias (CCA) tem como tema “Agricultura Brasileira: Dificuldades e Desafios”. Informações no Facebook .

Semana Acadêmica da Tecnologia de Alimentos

A V Semana Acadêmica da Tecnologia de Alimentos terá como tema “A indústria alimentícia e o consumidor: O cuidado com a saúde”. O evento será de 26/9 a 30/9 no CCA e CELESC. Confira a programação.

Semana da Biologia

A XVII Semana da Biologia será realizada de 25/09 a 01/10 no Centro de Ciências Biológicas (CCB). Informações no site www.semanadabio.ufsc.br ou no Facebook. Confira a programação.

Semana de Relações Internacionais

A VII Semana Relações Internacionais será realizada de 26 a 28 de setembro, no Centro Socioeconômico (CSE), com o tema “América do Sul: Cooperação e Conflitos”.  Saiba mais.

Acompanhe outras notícias da UFSC
noticias.ufsc.br

Confira a programação da TV UFSC
tv.ufsc.br

Siga a UFSC nas redes sociais
Facebook
TwitterFacebook


Contatos com a produção deste informativo:

Coordenadoria de Comunicação Organizacional e Novas Mídias – Agecom
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Campus Reitor João David Ferreira Lima. Trindade. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
divulga@contato.ufsc.br / +55 (48) 3721-2825 / 3721-2824

Acesse nossa Política Editorial

Para deixar de receber nossos boletins, clique aqui.

 

 

Facebook Twitter

TV UFSC lança série ‘A Cor da Nossa Tela’ sobre Victor Meirelles
Publicado em 23 de setembro de 2016

A TV UFSC lança o primeiro episódio da série “A Cor da Nossa Tela” sobre Victor Meirelles, abordando um fragmento importante da relação de um dos maiores pintores do Brasil com Desterro, um dos primeiros nomes da cidade de Florianópolis. Narrado pelo historiador e curador Fernando Boppré, o programa ganha requintes da relação de um grande pintor com a cidade onde nasceu.

A série é idealizada e dirigida pelo cineasta Zeca Nunes Pires, que coordena o Núcleo de Produção da TV UFSC. Participam da equipe a jornalista Laura Tuyama e a estagiária, editora e estudante do Curso de Cinema da UFSC, Solana Llanes. A abertura é do editor e especialista em animação Érico Monteiro.

Você pode conferir o no Youtube.

 

 

Facebook Twitter

DIVULGA UFSC – 22/09/2016 – Edição 804
Publicado em 23 de setembro de 2016

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

www.divulga.ufsc.br – 22/09/2016 – Edição 804

Servidores e alunos da UFSC foram voluntários nas Olimpíadas e Paralimpíadas

As Olimpíadas Rio-2016, que ocorreram entre os dias 5 e 21 de agosto, e as Paralimpíadas, entre 7 e 18 de setembro, foram dois grandes eventos que orgulharam o Brasil. Durante as Olimpíadas, cerca de 1,17 milhão de pessoas passaram pelo Parque Olímpico, e as Paralimpíadas quebraram recorde de público com mais de 1,8 milhão, perdendo apenas para Londres em 2012. Para que o evento fosse um sucesso, foi necessária a ajuda de voluntários. Servidores e alunos da UFSC estavam também presentes para colaborar. Continue a leitura » » .

Inscrições até esta sexta, 23, para seleção do mestrado em Relações Internacionais

O Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI) recebe inscrições para o processo seletivo do mestrado até 23 de setembro. Mais informações e editais no site do PPGRI.

Projeto Filmes de Economia exibe ‘Quando as bolhas estouram’

O projeto Filmes de Economia promove uma sessão com trechos do documentário Quando as bolhas estouram, seguida de comentários do professor Sílvio Cário, do Departamento de Economia e Relações Internacionais, nesta sexta-feira, 23, às 16h, no auditório do CSE. Informações no Facebook.

Inscrições até dia 24 para curso de extensão ‘A ciência psicológica da Meditação (módulo I)’

Laboratório de Psicologia Cognitiva Básica e Aplicada (LPCOG)  promove o curso de extensão “A ciência psicológica da Meditação (módulo I)”, nos dias 27 e 28 de setembro e 4 e 5 de outubro. As aulas serão ministradas pela coordenadora do laboratório, Carolina Baptista Menezes, no Departamento de Psicologia, localizado no Campus Florianópolis, bairro Trindade. Asinscrições podem ser feitas até o dia 24 de setembro aqui. Continue a leitura » » .

Minicurso ‘Performance of Hydrocarbon Production Systems’ no CTC na próxima semana

O Departamento de Automação e Sistemas (DAS) promove o minicurso “Performance of Hydrocarbon Production Systems“, que será ministrado pelo professor da Universidade de Ciência e Tecnologia da Noruega (NTNU), Milan Stanko, nos dias 26, 27 e 28 de setembro. As aulas serão realizadas no anfiteatro A da Engenharia de Produção, no CTC, Campus Florianópolis. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no siteContinue a leitura>>.

Mostra ‘Floripa, cidade utópica’ reúne coletivos da cidade no Centro de Eventos da UFSC

O Laboratório de Sociologia do Trabalho (Lastro), do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, promove, no sábado, 24 de setembro, um encontro dos coletivos de Florianópolis que trabalham para melhorar a cidade. A mostra “Floripa, cidade utópica tem o objetivo de reunir as iniciativas organizadas para propor alternativas às formas de se locomover, produzir, conviver, alimentar, aprender, comprar, descartar, usar o espaço urbano, informar e organizar. A mostra será realizada no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, das 11h às 17h. Haverá, também, apresentações culturais ao ar livre, na Praça da Cidadania. Continue a leitura>>.

Palestra sobre o Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina

Arquiteto da UFSC, Roberto Tonera, realiza palestra sobre o Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). A palestra que é aberta ao público acontece no dia 23 de setembro as 9h40 no auditório do IFSC (Campus São José: Rua José Lino Kretzer, 608 – Praia Comprida, São José- SC). Tratando sobre oSistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina – as fortificações existentes e as desaparecidas –, a palestra complementa a mostra itinerante que desde o dia 29 de agosto está no IFSC (Campus São José).

UFSC produzirá energia solar para mover ônibus elétrico

No começo de setembro foi apresentado no 12º Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos um ônibus 100% elétrico, que fará o transporte de alunos, professores e técnicos da UFSC. O veículo, que começa a funcionar em dezembro, será recarregado em estação com energia solar e terá emissão zero de poluentes. A energia necessária para que o veículo circule será gerada pelo Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica da UFSC, localizado no Sapiens Parque. Continue a leitura » » .

Coordenador do Projeto Imagine da UFSC é embaixador global da ‘African Gong’

André Ramos, professor da área de Genética e coordenador do Projeto Imagine, está atuando como embaixador global da African Gong. Trata-se de um programa de parceria para aproximar instituições da África e da América Latina, visando desenvolver uma plataforma criativa para o avanço da comunicação científica nos dois continentes. Continue a leitura » » .

Inscrições até fim de setembro para apoio psicológico a trabalhadores e estudantes vítimas de assédio moral

A equipe do projeto de extensão “Combate e prevenção ao assédio moral no trabalho para a promoção da saúde do trabalhador”, vinculado ao Departamento de Psicologia, divulga um novo grupo de apoio psicológico para trabalhadores e estudantes vítimas de assédio moral no ambiente de trabalho ou de estudo. As atividades do Grupo serão realizadas na UFSC, em horários que serão combinados posteriormente com os participantes. As inscrições para o grupo estarão disponíveis até o fim de setembro. Informações pelo e-mail Descrição: Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher.. Continue a leitura>>.

Revista ‘Em Tese’ publica chamada para nova edição

Em Tese, revista editada pelos discentes do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, divulgou a chamada para o dossiê da edição 2017.1, sobre o pensamento político brasileiro. Informações no site da revista ou no Facebook.

Simulado Enem On-line abre inscrições gratuitas para todo o país

O simulado é realizado pelo maior curso preparatório gratuito e presencial para Enem e vestibulares no país, o Pró Universidade, de Santa Catarina. As inscrições seguem até o dia 29 de setembro, e as provas ocorrem de 30 de setembro a 7 de outubro. As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas pelo site www.prouniversidade.com.br e são direcionadas para toda a comunidade estudantil e interessados em realizar o simulado. O projeto é apoiado pela Fapeu/UFSC.

Acompanhe outras notícias da UFSC
noticias.ufsc.br

Confira a programação da TV UFSC
tv.ufsc.br

Siga a UFSC nas redes sociais
Facebook
TwitterFacebook


Contatos com a produção deste informativo:

Coordenadoria de Comunicação Organizacional e Novas Mídias – Agecom
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Campus Reitor João David Ferreira Lima. Trindade. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
divulga@contato.ufsc.br / +55 (48) 3721-2825 / 3721-2824

Acesse nossa Política Editorial

Para deixar de receber nossos boletins, clique aqui.

 

 

Facebook Twitter

Vestibular UFSC 2017: Ingrid Medina
Publicado em 23 de setembro de 2016

INGRID_Vestibular_2017

Ingrid Medina – Estudante de Serviço Social

“Eu escolhi o curso de Serviço Social há dois anos, mais ou menos. Sempre quis fazer Direito e, do nada, comecei a ler histórias sobre o trabalho do assistente social, comecei a me interessar e resolvi fazer o curso, me identifiquei bastante com os relatos.

Também era a melhor opção para mim ingressar na universidade pública, tanto pela questão da acessibilidade, que eu poderia ter uma exigência maior que em uma universidade particular, quanto pelo espaço, pelo reconhecimento da instituição. Escolhi a UFSC como foco, fiz o vestibular e deu certo. Estudei bastante para conseguir entrar, no dia da prova foi conturbado, tive alguns obstáculos. Quando passei na primeira chamada, fiz a matrícula on-line, depois de uns dias vim trazer a documentação e fui chamada pela Coordenadoria de Acessibilidade (CAE), que veio falar sobre a acessibilidade da Universidade, apresentar as opções que eu teria de integração com a turma, com os professores e entre a CAE e os professores, para que não existisse falta de conhecimento em relação a minha deficiência. A intenção é que eu seja como uma pessoa normal como outra qualquer, com acesso aos recursos que todo aluno tem. Depois, na Biblioteca, me apresentaram o ambiente que faz a adaptação de materiais, que faz a digitalização, os materiais que podemos fazer empréstimo, como o iPad, computador, enfim, os recursos que a Universidade oferece pra gente. Esse foi o meu início na UFSC.

Eu agora estou no segundo semestre. No início, a gente sempre fica apreensivo, como vai ser, como a turma vai reagir? No ensino médio eu não tinha um cão-guia e o primeiro dia de aulas foi uma reação dos colegas e com o cão-guia, é outra. Todo mundo ficou meio espantado, com certeza, e ao mesmo tempo devem ter ficado surpresos, tanto por ter uma pessoa com deficiência, como também por ter um cachorro na sala de aula. Os professores também, a maioria nunca tinha tido contato com um aluno com deficiência. Acaba sendo um desafio para mim de, diariamente, ter que mostrar que eu sou igual a todo mundo, que eu sou capaz, e um desafio também para eles não diferenciarem, não me colocarem como heroína nem coitadinha, mas como alguém igual a eles, incluída nos trabalhos, nas atividades, em tudo.

O primeiro semestre foi tranquilo, não tive nenhum problema. Alguns professores, que por sinal nunca tinham dado aula para alunos com deficiência, chegaram a escrever uns slides adaptados, o que é bem importante para nós; para os outros pode parecer algo sem muita relevância. Eles sempre tentaram descrever as imagens nos slides e colocar os alunos também para descrever. Isso para mim é muito importante.

Além de estudar, eu trabalho como telefonista, em meio-período. Saio do trabalho e venho direto para a Universidade, e à noite vou para a aula. O King [cão-guia]  fica comigo 24 horas. Estamos juntos há um ano, a convivência é a melhor possível. Além de ser meus olhos, o King é meu melhor amigo, meu companheiro, é tudo para mim. Depois dele minha vida mudou completamente. Eu uso a bengala só em uma necessidade muito extrema, porque até na chuva o King está comigo. Hoje eu já me tornei muito dependente dele. Eu sempre tive uma rejeição à bengala, e isso é muito comum entre os cegos que perderam a visão, como eu, que não nasceram cegos. Se antes do King já foi um desafio muito grande ter que aceitar a bengala, usar hoje é retroceder muito, nem imagino.

Cerca de 50% das pessoas respeita as orientações sobre como agir com um cão-guia. Não se deve interagir com o cão enquanto ele trabalha, fazer carinho sem minha autorização, dar comida. Não pode passar a mão, assoviar, estalar o dedo, dizer ‘que lindo’. Só de falar com uma voz alegre ele já perde a concentração e as pessoas não se dão conta. Só de alguém falar ‘que lindo!’ ele já se vira, ‘Opa, olhei’. Então ele se desconcentra e as pessoas não entendem isso. Muita gente mexe com ele, é muito constante, em todos os lugares.

A pessoa com deficiência não só pode fazer o vestibular como deve fazer. Aqui não é um lugar para poucos, é para muitos e principalmente para quem precisa. Eu que necessito de um atendimento especializado, tenho que procurar uma melhoria para mim. E se aqui tem esses recursos, eu tenho que estar aqui, tenho que usufruir desses recursos.

Estar na universidade tem sido uma experiência muito inovadora. Lá fora a gente tem uma cabeça, que é a do senso comum. E aqui a gente aprende a ser mais crítico, a amadurecer ideias, a discutir, respeitar opiniões contrárias. Aqui tem muita diversidade, não só de pessoas, mas de pensamento, religiões, gênero, tudo. A gente aprende a respeitar, conviver, por mais que não concorde com a pessoa. A gente aprende a ser mais maduro, a crescer como pessoa, e usar isso lá na frente, como profissional. Pelo menos é isso que eu estou aprendendo.”

Facebook Twitter

Jogos para integração de técnicos e docentes da UFSC recebem inscrições até sexta
Publicado em 23 de setembro de 2016

Iº GISCom o objetivo de promover a integração dos servidores técnico-administrativos em Educação e docentes da UFSC, a Secretaria de Esporte (Sesp), promove de 16 a 27 de outubro o I Jogos de Integração dos Servidores  (JIS). Com apoio da Reitoria, Centro de Desportos (CDS), Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc), Sindicato das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc), Academia da Associação Atlética dos Servidores da UFSC (Aasufsc), Grêmio do HU e Associação Atlética de Educação Física (AEF).

O evento constitui-se de um projeto-piloto na perspectiva de consolidá-lo no calendário da UFSC em 2017. Nessa primeira edição experimental, serão disputadas as seguintes modalidades: Futebol Suíço (masc), Voleibol de Praia (masc/fem); Bocha (masc/fem), Dominó (masc/fem), Canastra (masc/fem) e Corrida Rústica de Revezamento (equipes mistas). Os jogos acontecerão nos campos de futebol society do Sintufsc e nos ginásios do Corpo de Bombeiros.

As inscrições devem ser feitas de 11 a 23 de setembro. Algumas modalidades a inscrição é livre, já em outras, deve ser feita pelas Unidades Administrativas da UFSC. Ficha de inscrição e regulamentos das modalidades estão disponíveis no site sesp.ufsc.br.

Mais informações no site ou pelo telefone (48) 3721- 8326. 

Facebook Twitter

Campus Araranguá sedia Simpósio Latino-Americano de Jogos
Publicado em 21 de setembro de 2016

O Campus Araranguá da UFSC sediará, nos dias 13, 14 e 15 de outubro, o 1º Simpósio Latino-Americano de Jogos (Slat). O evento visa reunir pesquisadores, docentes, estudantes, desenvolvedores e empresários latino-americanos, para que sejam discutidas as perspectivas na área de jogos para a América Latina.

O simpósio, que realizará sua primeira edição, busca a integração dos principais pilares na área de jogos: a computação e o design. O fato de a cidade escolhida ser Araranguá não é por acaso: além de possuir um campus da UFSC, é um elo entre Florianópolis e Porto Alegre, que são duas das quatro capitais com maior mercado na área de jogos no Brasil.

Além de reunir palestrantes do Brasil e de fora, durante o dia 14 o evento promoverá um festival de jogos digitais e analógicos durante todo o dia. Aliás, os festivais de jogos terão vencedores, onde serão avaliados a arte gráfica, trilha sonora, game design e tecnologia. Também ocorrerá um festival de Cosplays, em que o vencedor levará para casa um videogame Xbox One. A programação completa pode ser conferida aqui.

As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas no site oficial; dão direito a palestras – nacionais e internacionais –, apresentações de artigos e pôsteres e ao festival de jogos.

Mais informações no site do Simpósio.

Facebook Twitter

Aluna da UFSC é premiada com melhor trabalho no 14º Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia
Publicado em 21 de setembro de 2016

A tese de doutorado da aluna da UFSC, Ana Letícia de Oliveira Franco Rossetto, foi premiada no dia 10 de setembro, no XIV Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia (Ecotox), realizado na cidade de Curitiba –PR. O trabalho foi apresentado pela mestranda Bianca Vicente Oscar e era intitulado como “Influência das Características Específicas das Nanopartículas em relação à toxicidade em Microcrustáceos e Algas Verdes de água doce e bactérias marinhas”.

O trabalho foi considerado o melhor apresentado na sessão oral na categoria Química Ambiental ou Analítica – Contaminantes emergentes: fármacos, cosméticos e nanopartículas. E conta com uma parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina e a Université du Québec à Montréal – UQAM.

Mais informações no site do evento.

Facebook Twitter

Aberta submissão de artigos para 1º Colóquio de Direito e Arte: Música, Cinema e Literatura
Publicado em 21 de setembro de 2016

cartaz 03O I Colóquio de Direito e Arte: Música, Cinema e Literatura e o 3º Encontro Brasileiro de Epistemologia, Educação e Pesquisa Jurídica serão realizados conjuntamente nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da UFSC. O evento é interdisciplinar e contará com a presença de vários palestrantes de diferentes áreas das Ciências Humanas. Haverá espaço para mostra de trabalhos, com publicação em anais.

A submissão de artigos foi prorrogada para o dia 10 de outubro.

Mais informações no site e Facebook.

 

Facebook Twitter

Técnico da UFSC destaca-se por pesquisa de doutorado sobre governança de TI em universidades
Publicado em 21 de setembro de 2016

Isaias tem participado de grupos de pesquisa internacionais sobre Tecnologia da Informação (Foto: Acervo Pessoal)

Isaias tem participado de grupos de pesquisa internacionais sobre Tecnologia da Informação (Foto: Acervo Pessoal)

O técnico-administrativo em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Isaias Scalabrin Bianchi, bolsista de doutorado pleno no exterior pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), está na Europa para investigar modelos de governança de Tecnologia da Informação de universidades de diferentes países. A partir dos estudos realizados no curso de Doutorado em Tecnologia e Sistemas de Informação da Universidade do Minho, o pesquisador brasileiro tem participado de grupos de pesquisa internacionais sobre o tema.

“Recentemente, apresentei o meu projeto no Doctoral Consortium na European Conference on Information System, na Turquia, em que conheci o professor Jos van Hillegersberg, tutor do meu grupo. O professor convidou-me para integrar um projeto sobre governança de TI na Universidade de Twente, em que estão envolvidos dois doutorandos e um mestrando. A parte da minha pesquisa está vindo a complementar o projeto, pois, como realizei estudos de casos em Universidades Brasileiras, estes resultados estão sendo discutidos e comparados à realidade holandesa. Também realizei um estudo na HU University of Applied Sciences Utrecht”, conta Isaias. 

O pesquisador destaca que os modelos utilizados por universidades brasileiras são bem avaliados em termos internacionais. “Um dos fatores que chama a atenção durante as reuniões é que os professores ficam sempre muito entusiasmados em conhecer um pouco sobre os modelos adotados pelas universidades brasileiras. No Brasil temos modelos de referência da área de TI e é gratificante perceber que estamos com um nível similar ou muitas vezes superior em relação á muitas universidades de topo”, afirma.

Conexão
Assim como muitos doutorandos brasileiros no exterior, a pesquisa de Isaias está conectada ao trabalho que desenvolve no país, no caso como técnico de tecnologia e Informação na UFSC. “A proximidade com a área e a possibilidade de estudar algo que pudesse ser aplicado a minha realidade foi a principal motivação. Sempre procuro apresentar a universidade em que trabalho e um pouco da cidade de Florianópolis, a fim de mostrar o quanto avançados somos em várias áreas e as tecnologias que exportamos. Percebe-se claramente o grande interesse em realização de parcerias para pesquisa e acordos de cooperação para intercâmbio de estudantes, isso é muito gratificante.”

A pesquisa de Isaias está conectada ao trabalho que desenvolve no país, no caso como técnico da UFSC (Foto: Acervo Pessoal)

A pesquisa de Isaias está conectada ao trabalho que desenvolve no país, no caso como técnico da UFSC (Foto: Acervo Pessoal)

Impactos
Dessa maneira, o estudante acredita que o conhecimento gerado pela pesquisa no exterior pode gerar impactos positivos no país e, mais especificamente, no sistema educacional brasileiro. “Quero ajudar as instituições de educação superior no processo de adoção de novas tecnologias que tenham impacto nas atividades de ensino, pesquisa e extensão bem como oportunizar novos acordos de cooperação técnico-científica internacional entre universidades. Também espero compartilhar as minhas experiências com outros estudantes. Durante esse período tenho feito isso, interagindo com amigos e colegas de trabalho”.

Isaias afirma que a diversidade permitida pelo estudo no exterior possibilita maior aplicabilidade da pesquisa. “O doutorado fora do país oportuniza o conhecimento de diferentes modelos de universidades, com ênfase mais em pesquisa ou com foco mais no ensino, isso permite ampliar a visão sobre a educação superior e identificar os pontos fortes de cada modelo para aplicar no Brasil”.

Um dos caminhos apontados por Isaias é a criação de uma organização que auxilie as instituições de ensino nas políticas específicas de tecnologia da informação. “Conheci organizações responsáveis pelo suporte e assessoria da TI nas instituições de educação superior, como a UCISA no Reino Unido e a Surf, na Holanda. Percebi nas interações com os gestores desses países que essas organizações exercem um papel fundamental para o sucesso das TI nas universidades, promovendo a troca de experiências, capacitações, cursos, conferência e projetos em colaboração. No Brasil, não tenho conhecimento de uma organização semelhante e essa para as instituições de educação superior, quem sabe possa auxiliar na criação e compartilhar um pouco da minha experiência”, conclui.

 

(Fonte: Pedro Arcanjo/Capes)

Facebook Twitter
  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 01 de outubro 2015 - 9:53:23
SeTIC
Páginas UFSC