UFSC » Portal do Professor » Noticias
Informações úteis aos Docentes da UFSC

Revista ‘Texto Digital’ lança primeiro volume de 2015
Publicado em 3 de agosto de 2015

A revista Texto Digital, publicação semestral do Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura e Linguística (NuPILL), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Literatura e ao Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), publicou seu volume 11, nº 1 – 2015.1.

São 21 artigos inéditos (11 de universidades brasileiras e dez de estrangeiras), uma entrevista, uma criação digital e uma resenha.

A chamada de artigos para a edição do segundo semestre da revista está aberta até 15 de setembro: em 2015, o NuPILL celebra 20 anos de sua formação, que se iniciou com o processo de massificação da internet; assim, o interesse está voltado a artigos que tratem de questões correlatas à tecnologia, em especial ao meio digital – como protagonista, não coadjuvante ou figurante – em suas relações com o texto, ou para repensá-lo em todo o seu espectro semiótico, assim como suas teorias.

Texto Digital recebe artigos em regime de fluxo contínuo, e os prazos estipulados tratam apenas das datas para fechamentos de cada edição. Os artigos recebidos podem, a cargo da Comissão Editorial, ser publicados em edição posterior, ou mesmo anterior – dependendo da data em que forem enviados – àquela para a qual foram submetidos. Os artigos podem ser escritos em português, inglês, francês, italiano, espanhol e catalão.

As normas e diretrizes para publicação estão disponíveis no sítio da revista.

Mais informações na página da Texto Digital no Facebook.

Facebook Twitter

Fórum Climático promove workshop ‘El Niño 2015: conhecer para mitigar os seus impactos’
Publicado em 3 de agosto de 2015

O Fórum Climático Catarinense, com apoio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Assembleia Legislativa (Alesc), promove o workshop El Niño 2015: conhecer para mitigar os seus impactos, nos dias 19 e 20 de agosto. Como Santa Catarina deve enfrentar um novo El Niño forte, o objetivo é fornecer informações para mitigar os efeitos econômicos, ajudando a salvar vidas e afastar temores infundados.

O público-alvo são profissionais envolvidos com a Defesa Civil nos municípios, imprensa e acadêmicos em geral. No primeiro dia, os palestrantes irão apresentar, didaticamente, aspectos relevantes do conhecimento científico atual na área de hidrometeorologia; ao final do workshop, a intenção é produzir um relatório com recomendações para melhoria do sistema de proteção civil relacionado a desastres hidrometeorológicos, que serão o foco do segundo dia.

 

Programação

19 de agosto, no auditório Antonieta de Barros (Alesc):

8h10 – abertura;
8h30 – palestra “O fenômeno El Niño e suas consequências em Santa Catarina: O que pode ocorrer em 2015?”, com Alice Maria Grimm (UFPR);
10h15 – pausa para o café;
10h30 – apresentação do monitoramento e previsão climática pelo Fórum Climático Catarinense;
11h30 – seção de perguntas das palestras da manhã;
12h – almoço;
13h30 – palestra “Como, onde e porque ocorrem escorregamentos e inundações de detritos: Aprenda a ler sinais destes eventos”, com Masato Kobiyama (UFRGS);
14h40 – Palestra “A experiência do sistema de monitoramento e previsão de eventos hidro metereológicos capixaba montado pela Vale do Rio Doce: a importância de opinião profissional”, com Augusto J. Pereira Filho (USP);
16h – pausa para o café;
16h15-18h – mesa-redonda “Experiência em Previsão e Monitoramento”, com AlertaBlu, UFSC, Ciram/Epagri, Defesa Civil de Santa Catarina.

20 de agosto, no Templo Ecumênico (UFSC):

9h – divisão em grupos de trabalho e eleições de relatores;
9h30-11h30 – grupos de trabalho:

1 – Troca de experiência em desastres naturais;
2 – Previsão climática para a primavera de 2015;
3 – Construção de um novo sistema de previsão e monitoramento de eventos severos;
4 – Fronteiras científicas em clima e eventos severos no Sul do Brasil;

13h30 – plenária final;
16h – 18h – elaboração do relatório final.

As inscrições serão abertas em breve no site.

Mais informações pelo e-mail elnino2015workshop@gmail.com.

Facebook Twitter

Editora do Bosque lança novo volume da coleção ‘Práticas sociais, políticas públicas e direitos humanos’
Publicado em 3 de agosto de 2015

O quinto volume da coleção “Práticas sociais, políticas públicas e direitos humanos”Distintas faces da questão social: desafios para a psicologia, foi lançado no Repositório Institucional (RI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A obra é publicada pela Editora do Bosque, em parceria com a Associação Brasileira de Psicologia (Abrapso).

As organizadoras do novo livro são Aline Accorssi, Andréa Barbará S. Bousfield, Hebe Signorini Gonçalves, Katia Aguiar e Raquel Souza Lobo Guzzo.

Mais informações no site da editora.

Facebook Twitter

Grupo de estudos promove ‘II Jornada de Condições Agudas de Saúde’
Publicado em 3 de agosto de 2015

 

O Grupo de Estudos no Cuidado de Pessoas nas Situações Agudas de Saúde (Geass)  da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), vinculado ao Departamento de Enfermagem e ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, promove a II Jornada de Condições Agudas de Saúde  (Jocas) no bloco H do Centro de Ciências da Saúde da UFSC, nos dias 24 e 25 de setembro. As inscrições de trabalhos irão até o dia 31 de agosto.

O objetivo deste evento é o aprimoramento técnico e científico dos profissionais e acadêmicos da área da saúde no cuidado à pessoa em condição crítica ou aguda de saúde.

Mais informações e programação completa no site: geass.paginas.ufsc.br.

 

 

Facebook Twitter

Inscrições abertas para Curso de Especialização em Atenção à Saúde da Pessoa Idosa
Publicado em 3 de agosto de 2015

O Ministério da Saúde e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tornam públicas, por meio de edital, as normas gerais para o processo de seleção do curso de pós graduação lato sensu na modalidade presencial “Curso de Especialização em Atenção à Saúde da Pessoa Idosa”.

As inscrições, somente on-line, estão abertas de 3 a 17 de agosto.

Acesso ao edital 001/2015.

Acesso à ficha de inscrição on-line.

Dúvidas e pedidos para mais informações devem ser tratados exclusivamente pelo e-mail esp.neti@contato.ufsc.br.

 

Facebook Twitter

Conselho Universitário em reunião extraordinária na terça-feira
Publicado em 3 de agosto de 2015

O Conselho Universitário (CUn) da UFSC se reúne em sessão extraordinária nesta terça-feira, 4 de agosto, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira (Sala dos Conselhos). A sessão será transmitida ao vivo .

Ordem do dia:

1. Apreciação das atas da sessão ordinária realizada em 26 e 29 de maio de 2015

2. Processo nº 23080.019991/2014-61
Requerente: Mateus Stallivieri da Costa
Assunto: Apreciação da Resolução Normativa que regulamentará as Associações Atléticas da Universidade Federal de Santa Catarina
Relator: Conselheiro William Barbosa Vianna
Relator de vista: Conselheiro Hélio Rodak de Quadros Júnior

3. Objeto: Solicitação de Moção de Apoio à Greve Nacional dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina
Requerente: Comando Local de Greve da UFSC

4. Processo nº 23080.033906/2014-77
Requerente: Pró-Reitoria de Graduação
Assunto: Apreciação da Resolução Normativa que visa criar e disciplinar o Programa Institucional de Apoio a Viagens de Estudos da Universidade Federal de Santa Catarina
Relator: Conselheiro Pedro Antônio de Melo

5. Objeto: Solicitação de Moção de Apoio à Advocacia Geral da União
Requerente: Procuradoria Geral da União de Santa Catarina

6. Processo nº 23080.066735/2014-62
Requerente: Julian Borba
Assunto: Apreciação da Resolução Normativa que visa criar o Comitê Institucional de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Santa Catarina
Relator: Conselheiro Rogério Silva Portanova
Relator de vista: Conselheiro George Luiz França

7. Apreciação da pauta da Sessão Especial, prevista para o dia 11 de agosto de 2015

8. Informes gerais.

Facebook Twitter

Teste gratuito e palestra marcam campanha contra hepatite C na UFSC
Publicado em 3 de agosto de 2015

O Serviço de Gastroenterologia do Hospital Universitário (HU), a Liga Acadêmica de Gastroenterologia (LiGastro) e a Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio da Divisão de Serviço Social (CPVS/DAS), programam algumas atividades para a próxima segunda-feira, 3 de agosto, com o objetivo de marcar o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais (28 de julho).

Na próxima segunda-feira, técnicos, docentes, estudantes e funcionários terceirizados poderão fazer o teste de rastreamento gratuitamente, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h, na antessala do auditório da Reitoria. A comunidade universitária também pode participar da palestra “Hepatite C – saiba mais”, ministrada pela doutora em Gastroenterologia e chefe da Divisão de Clínica Médica do HU, Janaína Luz Narciso Schiavon. O evento, gratuito, terá início às 11h, no auditório da Reitoria. foto

De acordo com a diretora do Departamento de Atenção à Saúde (DAS), Marilza Nair dos Santos Moriggi, a campanha de sensibilização é uma das ações de promoção à saúde planejadas para o ano de 2015. “A expectativa é de alertar os servidores para a problemática da hepatite C e para que façam o teste preventivo. A ação deve contribuir ainda para que os participantes reproduzam estas informações para as demais pessoas de suas relações familiares, de amizade e do trabalho”, afirma.

Para o teste de rastreamento da hepatite C, recomendado àqueles com mais de 45 anos, não é necessário estar em jejum. Também deve realizá-lo quem tem contato regular com sangue no trabalho, como profissionais da área da saúde; pessoas que já compartilharam agulhas e injetaram drogas; estiveram em tratamento de diálise renal por longo período; têm tatuagem ou colocaram piercing; e as que realizaram acupuntura ou receberam órgãos ou transfusão de sangue, especialmente antes de 1993.  Até o início dos anos 1990, não havia métodos de detecção da doença em transfusões de sangue, e os procedimentos de segurança realizados em atendimentos médicos e odontológicos não eram tão rigorosos como os atuais.

O acolhimento para o teste será feito por técnicos-administrativos em Educação (TAEs) da Universidade, e, na sequência, o participante será encaminhado aos técnicos de Enfermagem e de Laboratório para realização do procedimento, que consiste em uma punção capilar. “É a coleta de uma pequena gota de sangue do dedo. Esta é, então, depositada em um kit padronizado, que apresenta o resultado em poucos minutos”, esclarece o coordenador de Promoção e Vigilância a Saúde da UFSC, Carlos Alberto Rodrigues.

O participante receberá o resultado pelas mãos de um médico. “Se necessário, ele já será encaminhado a uma consulta no Laboratório de Gastroenterologia do HU. Sairá com data e horário marcados”, explica Carlos. Os testes serão limitados à quantidade de kits disponíveis no dia do evento.

Prevenção

A doença é causada pelo vírus VHC, que leva à inflamação do fígado, e é transmitida principalmente por sangue contaminado. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a hepatite C é uma importante causa de cirrose, câncer e transplante de fígado. Não compartilhar objetos que tenham entrado em contato com sangue, como seringas, agulhas e objetos cortantes, e utilizar preservativo nas relações sexuais são formas de prevenção – lâminas de barbear, escovas de dente e alicates de unha são exemplos de itens que não devem ser compartilhados. Recomenda-se às mulheres grávidas a realização do exame pré-natal, pois o vírus pode ser transmitido ao bebê.

O VHC não é transmitido pela água, comida ou leite materno, nem por contato casual, como abraçar ou beijar uma pessoa infectada. Compartilhar bebidas e alimentos também não é forma de transmissão.Os tipos de hepatite são classificados pelas letras A, B, C, D e E. Existem vacinas disponíveis para prevenção dos tipos A e B, e o teste de rastreamento é disponibilizado pelo SUS.

Sintomas

A hepatite C é uma doença silenciosa e raramente sintomática, o que faz com que algumas pessoas sejam diagnosticadas somente durante a fase aguda. Fadiga, náuseas, vômitos, diminuição do apetite, tontura, icterícia, febre, dores nas articulações, fezes claras e urina escura estão entre os sintomas.

Tratamento

A baixa eficácia dos tratamentos e importantes restrições terapêuticas marcaram a doença ao longo das últimas décadas. O Ministério da Saúde anunciou, na última segunda-feira, 27 de junho, durante lançamento da Campanha do Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais 2015, um novo tratamento para a hepatite C que deve diminuir o tempo de tratamento e aumentar as chances de cura. A previsão é de que a terapia esteja disponível no SUS até dezembro.

De acordo com o órgão federal, em 13 anos de assistência à hepatite C via SUS foram 120 mil casos confirmados e notificados, o que representa 10 mil novos casos notificados anualmente, e mais de 100 mil tratamentos realizados. O SUS disponibiliza os medicamentos de combate à hepatite C para os pacientes diagnosticados e que recebem indicação de tratamento medicamentoso.

Hepatite C no Brasil e no mundo

Cerca de 150 milhões de pessoas no mundo possuem hepatite C crônica, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). As regiões mais afetadas pela doença são a África Central e o Leste da Ásia. A mesma fonte indica que aproximadamente 500 mil pessoas morrem todos os anos por doenças no fígado relacionadas à doença.

Um levantamento realizado pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) indica que aproximadamente 3 mil mortes associadas à hepatite C são registradas por ano no Brasil. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 8 mil novos casos de câncer de fígado são registrados anualmente. A doença é a causa de 31% a 50% dos transplantes em adultos.

 

Bruna Bertoldi Gonçalves

Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC

imprensa.gr@contato.ufsc.br

Facebook Twitter

HU participa de eventos da Semana Mundial do Aleitamento Materno
Publicado em 1 de agosto de 2015

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC), por meio de sua Central de Incentivo ao Aleitamento Materno (Ciam), em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, participa, desde 1º de agosto, de uma série de ações de conscientização sobre a importância da amamentação. A data marcou o Dia Mundial da Amamentação e deu início à Semana Mundial de Aleitamento Materno, que, em 2015, traz o tema “Amamentação e trabalho: para dar certo, o compromisso é de todos!”

Entre os eventos da semana, foi realizado um “Mamaço”, no sábado, 1º de agosto, às 14h, no Parque de Coqueiros. A proposta foi reunir mães para que elas amamentassem seus filhos ao ar livre, reforçando, assim, a importância do aleitamento materno. A programação também inclui seminários sobre o tema, em toda a Grande Florianópolis, para profissionais da atenção básica (área da saúde materno-infantil) e de maternidades do município.

Foto: Henrique Almeida/Agecom/DGC/UFSC

Semana Mundial reforça importância do aleitamento materno. Foto: Henrique Almeida/Agecom/DGC/UFSC

A coordenadora da Ciam, Ingrid Bohn, ressalta que a programação faz parte de uma mobilização mundial voltada a desenvolver o tema do aleitamento para famílias e equipes de atenção à saúde. “A intenção é trabalhar as questões do aleitamento para que as equipes de saúde estejam mais atentas. Queremos motivar as equipes, levar o profissional de saúde a ficar mais aberto para o aleitamento, que é algo que todo bebê deveria receber, mas depende muito de que as mulheres sejam bem-orientadas”, salienta Bohn.

“A cada ano discutimos um novo tema, buscando sempre orientar. Neste ano queremos estimular o debate sobre a importância de promover a amamentação no trabalho, com a implantação de salas de amamentação, com creches nos locais de trabalho; facilitar o afastamento da mulher para ela poder amamentar. A ideia é conscientizar para poder cobrar melhores condições aos empresários e instituições que empregam muitas mulheres”, ressalta a coordenadora.

A Ciam, com uma equipe formada por uma enfermeira, duas técnicas de Enfermagem e duas bolsistas, promove, anualmente, um curso de Manejo e Promoção do Aleitamento Materno para os estudantes e profissionais da UFSC que atendem a mulher e o bebê. Esse curso também é extensível às unidades básicas de saúde da Prefeitura da capital e do Estado de Santa Catarina. O grupo de profissionais também ministra cursos sobre aleitamento materno em diversos municípios catarinenses, e oferece atendimento individual, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, na maternidade do HU.

 

Hospital Amigo da Criança

O HU está, desde 1997, entre os 323 hospitais brasileiros certificados como “Hospital Amigo da Criança”pelo Ministério da Saúde, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização Mundial de Saúde (OMS). A denominação se dá a hospitais cujas maternidades estão preparadas para incentivar e apoiar mulheres na amamentação.

Para tornar um hospital em um “Amigo da Criança”, é preciso, além de investir em capacitação e na adoção de novas rotinas, implantar os “Dez passos para o sucesso do aleitamento materno”, que incluem, entre outras ações, a orientação de gestantes para as vantagens e o manejo do aleitamento materno. Outras iniciativas trabalham o alojamento conjunto de mães e bebês nas maternidades, não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida e não oferecer bicos artificiais e chupetas a crianças amamentadas ao seio.

 

Bancos de leite no estado

A Ciam também incentiva estratégias do Ministério da Saúde, como a doação de leite materno para auxiliar recém-nascidos cujas mães ou não podem amamentar ou têm produção de leite insuficiente. Segundo o Ministério da Saúde, cada litro de leite doado aos bancos de leite humano pode atender até dez recém-nascidos, dependendo da necessidade. O Brasil possui a maior rede de bancos de leite do mundo (215 unidades), com 145 postos de coleta.

Santa Catarina possui 12 bancos credenciados pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RedeBLH-BR):

  • Banco de Leite Humano da Secretaria Municipal de Saúde de Blumenau
    (47) 3381-7570.
  • Banco de Leite Humano do Hospital Infantil Joana de Gusmão
    Florianópolis – (48) 3251-9141.
  • Banco de Leite Humano e Central de Informações da Maternidade Carmela Dutra
    Florianópolis – (48) 3251-7552.
  • Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen.
    Itajaí – (47) 3249-9400.
  • Banco de Leite Humano do Hospital Bom Jesus
    Ituporanga – (47) 3533-1144.
  • Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Jaraguá
    Jaraguá do Sul – (47) 3274-3053.
  • Banco de Leite Humano da Maternidade Darcy Vargas
    Joinville – (47) 3461-5704.
  • Banco de Leite Humano do Hospital Geral e Maternidade Teresa Ramos
    Lages – (49) 3251-0002.
  • Banco de Leite Humano Alimente uma Vida – Maternidade D. Catarina Kuss
    Mafra – (47) 3641-4847.
  • Banco de Leite Humano do Hospital de Rio Negrinho Sr. Klaus Schumacher
    Rio Negrinho – (47) 3646-2000.
  • Banco de Leite Humano do Hospital Regional de São.José Dr. Homero de Miranda Gomes
    São José – (48) 3271-9158.
  • Banco de Leite Humano do Hospital Nossa Senhora da Conceição
    Tubarão – 0800-6430140 / (48) 3631-7149.

 

Mais informações: Ciam – (48) 3721-8019.
Mayra Cajueiro Warren

Jornalista/Diretoria-Geral de Comunicação

imprensa.gr@contato.ufsc.br

Facebook Twitter

Imprensa Universitária completa 50 anos de funcionamento
Publicado em 31 de julho de 2015

A Imprensa Universitária (IU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comemorou seus 50 anos de fundação com uma confraternização entre seus colaboradores na manhã desta sexta-feira, 31 de julho. “Em respeito aos colegas do movimento de greve, não fizemos uma grande festa, mas não podíamos deixar passar em branco”, diz o coordenador da IU, Carlos Alberto de Lima, servidor desde 1987.

Antiga Imprensa Universitária

Imprensa Universitária nos anos 70. Foto: Acervo Agecom

A expectativa do coordenador da IU para 2015 é superar a produção dos anos anteriores. “Em 2012, foram 100 mil unidades impressas; em 2013, 6 milhões; e em 2014, 15 milhões. Isso foi possível graças à manutenção em dia das máquinas, e ao trabalho dos funcionários terceirizados e do quadro de carreira, profissionais de alto nível. Estamos à altura de qualquer outra gráfica.”

Ele destaca que o crescimento também foi possível pelos investimentos em imprensa digital. “Pudemos incorporar novos serviços e aumentamos nossa produção de livros com miolo colorido.”

A unidade gráfica da UFSC está preparada para diversos tipos e quantidades de material, como cartões de visita, fôlderes, panfletos, jornais, livros, calendários, blocos de rascunho e de pedidos, talonários, entre outros.

A construção da Imprensa Universitária da UFSC iniciou-se em 31 de julho de 1964 e foi concluída em 24 de janeiro de 1965, na gestão do reitor João David Ferreira Lima. Como o governo federal havia proibido a contratação de novos funcionários para o serviço público, a IU só entrou em atividade em julho de 1965, com a admissão de 14 funcionários.

Mais informações no site.

Facebook Twitter

Florianópolis recebe seminário internacional sobre processamento de óleos e gorduras
Publicado em 31 de julho de 2015

Entre os dias 19 e 21 de agosto, o hotel Ingleses Acquamar sedia o seminário internacional “Processamento de óleos e gorduras: tendências e desafios”, que dá continuidade aos 22 anos de atividades da Sociedade Brasileira de Óleos e Gorduras. A coordenação geral do evento fica a cargo da professora Jane Mara Block, do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Palestras técnicas e científicas relacionadas a extração, processamento, bioprodutos, antioxidantes, contaminantes e estruturação de óleos serão apresentadas e seus assuntos debatidos entre os participantes. Destaque às palestras dos pesquisadores Dharma Kodali, da University of Minessota, EUA, que abordará soluções para a substituição de gorduras trans; e para Gianluca Li Puma, da Loughborough University, Inglaterra, que tratará do reuso de água e produção de energia renovável na indústria agroalimentar.

O evento representa uma oportunidade de interação e debate entre pesquisadores, técnicos, empresários, estudantes e empresas ligadas ao setor. Além das palestras, serão apresentados trabalhos científicos nas formas oral e de pôsteres.

Mais informações no site, pelo e-mail sbog@oleosegorduras.org.br e pelo telefone (48) 3721-2992.

 

Facebook Twitter

Projeto ‘Amanhecer’ recebe inscrições nos dias 4 e 5 de agosto
Publicado em 31 de julho de 2015

As inscrições para terapias integrativas e complementares do terceiro bimestre no projeto “Amanhecer”, do Hospital Universitário (HU), estarão abertas nos dias 4 e 5 de agosto. As práticas são oferecidas para alunos, professores, servidores da UFSC e comunidade externa.

Para se inscrever, os interessados deverão comparecer ao projeto (atrás do grêmio do HU) das 8 às 12h e das 14 às 18h. Os candidatos vinculados à UFSC devem comparecer munidos de documentação que a comprove (atestado de matrícula, crachás etc).

As terapias a serem oferecidas serão divulgadas em breve.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-8055 e na página do projeto “Amanhecer”.

Facebook Twitter

TV UFSC: ‘Universidade Já’ entrevista Barbara Weinstein
Publicado em 30 de julho de 2015

A professora Barbara Weinstein, da Universidade de Nova York, apresentou na quarta-feira, 29 de julho, a conferência “Sou ainda uma Brazilianist?”, como parte do XXVIII Simpósio Nacional de História, que está sendo realizado até esta sexta-feira, 31, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em entrevista à TV UFSC, ela fala de seu novo livro, A cor da modernidade, e analisa as relações raciais no Brasil sob o ponto de vista histórico.

Facebook Twitter

‘INTERthesis’ publica dossiê ‘Animais não humanos: um olhar contemporâneo’
Publicado em 30 de julho de 2015

A revista INTERthesis abre seu número 12, o primeiro de 2015, com o dossiê “Animais não humanos: um olhar contemporâneo”, organizado pelo professor Javier Ignacio Vernal (CFH/UFSC) e pelas professoras  Letícia Albuquerque (CCJ/UFSC) e Fernanda Luiza Fontoura de Medeiros (PUC-RS/Unilasalle). A publicação está disponível no site de periódicos da UFSC.

O dossiê é composto de parte das contribuições apresentadas durante o I Encontro Catarinense de Direitos Animais, realizado pelo grupo de pesquisa Observatório de Justiça Ecológica. O evento, realizado em novembro de 2014, no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), terá uma segunda edição nos dias 7 e 8 de dezembro, juntamente com o I Congresso Internacional Interdisciplinar de Direitos Animais, que abordará a questão da vivissecção.

Editada há dez anos, a Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis é uma publicação semestral, vinculada ao Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Mais informações no site da revista.

Facebook Twitter

Doação de sangue: Hospital Universitário precisa de doadores dos tipos ‘A+’, ‘A-’, ‘O+’ e ‘O-’
Publicado em 30 de julho de 2015

O Serviço de Hemoterapia do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) solicita a cooperação de todos os potenciais doadores de sangue dos tipos “A+, “A-”“O+ e “O-. O HU agradece este ato de solidariedade.

Local e horário para doação:
Unidade de Coleta de Doadores de Sangue do HU/UFSC.
Ed. Voluntária Dona Cora – prédio da Associação Amigos do HU – Trindade – Florianópolis (SC) – próximo do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12 horas.

O doador deve:
- trazer documento com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);
- estar bem de saúde;
- ter entre 18 e 65 anos;
- pesar mais de 50 kg;
- não estar em jejum;
- evitar apenas alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação.

Impedimentos temporários:
- febre, gripe ou resfriado;
- gravidez, puerpério: parto normal, 90 dias; cesariana, 180 dias;
- uso de alguns medicamentos;
- pessoas que adotaram comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

Prazos de impedimentos:
- extração dentária: 72 horas;
- ingestão de bebida alcoólica 24 horas antes da doação;
- transfusão de sangue: 1 ano;
- tatuagem e piercing: 1 ano;
- vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina.

Impedimentos definitivos:
- hepatite após os dez anos de idade;
- evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e doença de Chagas;
- uso de drogas ilícitas injetáveis;
- malária.

Em caso de dúvidas, entrar em contato pelos telefones (48) 3721-9114 (manhã) e 3721-9859 (tarde).

Facebook Twitter

Site educativo baseado na animação ‘Super Plunf’ lançado no Simpósio Nacional de História
Publicado em 29 de julho de 2015

O site educativo ­Super Plunf foi lançado na quinta-feira, 30 de julho, durante o XXVIII Simpósio Nacional de História, no auditório do Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Inspirado na animação homônima, o site apresenta material voltado para estudantes, além de sugestões de temas a serem abordados por professores.

Professor da UFSC e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Imagem e Som (Lapis), que desenvolveu o Super Plunf, Henrique Luiz Pereira Oliveira explica que “no site existem textos voltados aos alunos, postados como se fossem um caderno digital do personagem do Super Plunf. Os temas tratados nos cadernos (do Menino) são também abordados na parte dos professores, com sugestões de atividades e links com mais informações”.

“A gente vinha fazendo experiências com audiovisual educativo há bastante tempo, mas com site é a primeira vez. A intenção é de que ele tenha alcance nacional. O lançamento ocorre em um evento que reúne cinco mil professores e estudantes de História de todo o Brasil”, afirma Henrique Oliveira.

Stitched Panorama

Casa dos avós na animação. Foto: superplunf.com.br

O curta-metragem Super Plunf, que utilizou a técnica stop motion, aborda as transformações no preparo e consumo de alimentos no ambiente doméstico. A animação conta a história de um menino que se depara com três cenários: sua casa, em que o alimento é instantâneo; a casa da vizinha, onde a cozinha transforma a comida em algo a ser ingerido em um curto espaço de tempo; e a casa dos avós, local em que a refeição é produzida e ingerida com mais demora e cuidado. “O enredo faz uma analogia com as transformações históricas dos processos de produção de alimentos”, explica Henrique.

Além da visualização de Super Plunf, é possível fazer o download da animação no site, que pretende receber contribuições das crianças que a assistirem. “Gostaríamos de postar como são as cozinhas das famílias, especialmente dos avós, ou saber o que estão comendo no Ceará, por exemplo” diz o coordenador do Lapis, que também irá usar o Facebook para interagir com estudantes e professores.

Diversos vídeos, interações com sons e links são apresentados aos alunos, que, ao navegarem, podem compreender a transformação na forma de alimentação do ser humano, especialmente ao longo do último século. No menu dedicado aos professores, há orientações de como explorar pedagogicamente as propostas apresentadas, com possibilidade de comentários.

A versão do filme no site não é a mesma lançada em 2014 e exibida em escolas municipais, particulares e no Colégio de Aplicação (CA) da UFSC, conta Henrique. “As crianças comentam, acham divertido, conversam sobre o que acham legal ou não. É um trabalho empírico, com erros e acertos. Usamos sugestões de crianças para reeditar a animação.”

O projeto de criação foi desenvolvido no Lapis, vinculado ao Departamento de História do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC, e realizado por uma equipe de professores, técnicos, alunos e diversos artistas. A animação conquistou dois prêmios em 2014: Melhor Curta Infantojuvenil da 9ª Mostra Audiovisual de Cambuquira (Mosca) e Melhor Stop Motion Brasileiro do IV Festival Internacional Brasil Stop Motion.

Mais informações no Lapis, no site, no Facebook e pelo telefone (48) 3721-6411.

 

Facebook Twitter

Prae lança site para solicitações de viagens de estudo no semestre 2015-2
Publicado em 29 de julho de 2015

Os professores que pretendem realizar viagens de estudo no semestre de 2015 devem preencher solicitação no site www.viagensdeestudo.ufsc.br até o dia 12 de agosto, com roteiro completo da viagem e as respectivas programações. O site está no ar desde 28 de julho. No caso de haver programação de viagem com data de realização anterior à de 17 de agosto, o proponente deve enviar também solicitação digital via SPA.

Após a solicitação, deve ser realizada a confirmação no sistema em até 15 dias, antes da viagem; essa confirmação será responsabilidade do proponente, não do Departamento de Assuntos Estudantis/Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (DeAE/Prae). Quando houver necessidade de roteiros complementares que excedam aos campos disponíveis no formulário on-line, o proponente deve entrar em contato com o DeAE/Prae pelo e-mail deae@contato.ufsc.br e enviar roteiro pormenorizado.

As orientações foram divulgadas em memorando circular de 28 de julho de 2015, que destaca ainda mais detalhes das diárias de motoristas, homologação de pedidos, avaliação das viagens pelos professores responsáveis, critérios para aprovação e o cronograma:

- 28 de julho a 12 de agosto: período para submeter propostas de viagens de estudo;
- 13 a 17 de agosto: período para homologação dos pedidos pelas direções de centro/campus e pelo DeAE/Prae;
- 18 de agosto: publicação dos resultados pelo DeAE.

Mais informações:
Departamento de Assuntos Estudantis (DeAE)
Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae)
Telefones: (48) 3721-8249 e (48) 3721-9419.
e-mail: prae@reitoria.ufsc.br

Facebook Twitter

EdUFSC lança livro sobre Roberto Arlt e Francisco Goya no dia 6 de agosto
Publicado em 29 de julho de 2015

O Projeto Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles lança o livro Roberto Arlt & Goya: crônicas e gravuras à água-forte, de Eleonora Frenkel, no dia 6 de agosto, às 19h. A publicação sai pela Editora da UFSC (EdUFSC). Na ocasião, a autora fará uma palestra sobre Roberto Arlt e o grupo Artistas do Povo, de Buenos Aires, e a sua ligação com as imagens de Francisco Goya. Convite-Arlt&Goya

Filho de imigrantes alemães e italianos, Roberto Arlt (1900-1942) nasceu e morreu em Buenos Aires. Sua obra como cronista, dramaturgo e romancista influenciou decisivamente a literatura latino-americana e está na origem do trabalho de autores como Gabriel García Márquez, Ricardo Piglia e César Aira. Francisco Goya (1746-1828) é considerado o mais importante pintor espanhol dos séculos 18 e 19. Ao longo de sua extensa e produtiva carreira, o artista abandonou a leveza e o otimismo dos primeiros anos para abraçar o mais profundo pessimismo, sempre com um caráter ácido.

É esse aspecto que aproxima a obra de Arlt e de Goya. Não por acaso, o portenho chamava suas crônicas de “águas-fortes” (ele chegou a escrever “águas-fortes cariocas” durante sua passagem pelo Rio de Janeiro, entre abril e maio de 1930), termo que vem das artes plásticas e que remete a uma técnica que utiliza o ácido como agente corrosivo. Arlt também se relacionava com artistas plásticos modernistas de Buenos Aires, com destaque para o grupo conhecido como Artistas do Povo (Facio Hebequer, Adolfo Bellocq, entre outros). Em suas gravuras, esses artistas também se utilizavam do expediente goyesco, produzindo uma leitura sarcástica e grotesca da modernidade.

O livro tem três partes: na última, encontra-se uma seleção dessas imagens, pesquisadas pela autora na Coleção do Museu de Artes Plásticas Eduardo Sívori, de Buenos Aires. As outras duas partes são um ensaio de Eleonora Frenkel que discute a articulação entre as crônicas de Roberto Arlt escritas entre as décadas de 1930-40 em Buenos Aires, e as gravuras de Francisco de Goya. Além disso, o livro traz um conjunto de 20 crônicas de Arlt traduzidas pela autora, dentre elas: “Ruas terríveis”, “Ladeira abaixo”, “O prazer de vadiar”, “Elogio da vagância” e “Dias de neblina”.

 

A autora

Eleonora Frenkel é doutora em Literatura pela UFSC (2011), com pesquisa sobre as crônicas de Arlt e as gravuras de Goya; mestre em Estudos da Tradução pela mesma Universidade (2007), com trabalho sobre as traduções brasileiras de Los siete locos (1929). Autora de diversos artigos sobre o Arlt, publicados em revistas como Machado de Assis em linha, Travessias, Eutomia, Scientia Traductionis, Fragmentos e no livro de G. Badenes e J. Coisson (org.): Traducción Periodística y Literaria (Córdoba: Comunicarte, 2007); contribui para a divulgação do escritor com comunicações em eventos em Florianópolis, São Paulo, Niterói, Buenos Aires e Rosário. Foi professora substituta de Teoria Literária no DLLV/UFSC (2011-2013) e atualmente é bolsista de pós-doutorado da Capes/PNPD, pela Unioeste.

 

Serviço

O quê: palestra e lançamento de livro da Editora da UFSC Roberto Arlt & Goya: crônicas e gravuras à água-forte, de Eleonora Frenkel.

Quando: 6 de agosto, às 19 horas.

Onde: museu Victor Meirelles – rua Victor Meirelles, 59, Centro, Florianópolis.

Mais informações: mvm.ac@museus.gov.br e (48) 3222-0692.

Facebook Twitter

Assista ao ‘Universidade Já’ sobre abertura do Simpósio Nacional de História
Publicado em 29 de julho de 2015

Com a temática Lugares dos historiadores: velhos e novos desafios, o XXVIII Simpósio Nacional de História foi aberto oficialmente na noite de segunda-feira, 27 de julho, e deve receber 5,5 mil participantes até esta sexta-feira, 31. O encontro é promovido pela Associação Nacional de História (ANPUH) e realizado conjuntamente por UFSC e Udesc.

Facebook Twitter

Prêmio Saúde aberto para inscrições até 9 de setembro
Publicado em 29 de julho de 2015

O Prêmio Saúde, iniciativa da revista Saúde da editora Abril, completa dez anos em 2015. As inscrições estão abertas até 9 de setembro. Serão avaliados estudos em fase clínica e campanhas de prevenção, realizados por cientistas e profissionais de todas as áreas da saúde.

As categorias são Saúde da Criança, Saúde e Atividade Física, Saúde e Prevenção, Saúde Bucal, Saúde Mental e Emocional, Saúde e Nutrição. Na categoria Instituição do Ano serão avaliados trabalhos de assistência/promoção a um envelhecimento ativo e saudável.

Mais informações no site do prêmio.

Facebook Twitter

Professor da UFSC nomeado para presidência do Instituto Nacional da Propriedade Industrial
Publicado em 29 de julho de 2015

O professor da UFSC e ex-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Direito e do Departamento de Inovação Tecnológica, Luiz Otávio Pimentel, foi nomeado presidente do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) pela presidenta Dilma Rousseff. Pimentel assumirá o cargo em agosto.

Pimentel assume INPI em agosto. Foto: INPI.

Pimentel assume INPI em agosto. Foto: INPI.

Doutor em Ciências Jurídicas, Pimentel tem experiência na área de direito e políticas públicas e, especialmente, em propriedade intelectual e inovação, com ampla produção acadêmica neste campo. Ele é professor associado da UFSC e docente da Academia de Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento do próprio INPI; além de árbitro Ad Hoc do Tribunal Arbitral do Mercosul.

O novo presidente do INPI possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Cruz Alta (1984), mestrado em Direito pela UFSC (1993) e doutorado em Ciências Jurídicas, cursos na Universidade de Barcelona e tese na Universidade Nacional de Assunção (1999).

Mais informações no INPI.

Com informações da assessoria de imprensa do INPI.

Facebook Twitter

Divulgada a terceira chamada Sisu-UFSC 2015
Publicado em 29 de julho de 2015

O Departamento de Administração Escolar (DAE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou o edital nº 15/DAE/Prograd-UFSC/2015, relativo à terceira chamada Sisu-UFSC/2015.

Os candidatos convocados devem efetivar matrícula presencial de 30 de julho a 3 de agosto,  na respectiva coordenadoria de curso, localizada no campus que irão frequentar, das 8h às 12h e das 14h às 18h, munidos da documentação exigida e publicada na portaria nº188/2015/Prograd.

A comprovação de renda dos candidatos cotistas deve ser realizada durante o período de matrícula presencial.

Acesse o edital completo.

Facebook Twitter

‘Línguas africanas’ é tema de seminário internacional na UFSC
Publicado em 29 de julho de 2015

O projeto Kadila: Culturas e Ambientes, em parceria com o Núcleo de Estudos de Identidades e Relações Interétnicas (Nuer) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade Agostinho Neto (Angola), promove o Seminário Internacional de Línguas Africanas, nos dias 3 e 4 de agosto, na sala Drummond do bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE).  Entrada franca e inscrições pelo e-mail linguasafricanas@gmail.com.

A coordenadora do evento, Cristine Gorski Severo, é professora do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGLIN), pesquisadora no Nuer e vice-coordenadora do projeto Kadila, uma rede de profissionais com interesse em potencializar a cooperação científica e cultural entre Brasil e Angola criada em 2009.  “O objetivo do Seminário é criar um espaço de debate e divulgação sobre os estudos que envolvem as línguas africanas nos países que têm a Língua Portuguesa como oficial”, afirma ela. Nesse evento, o foco será em Brasil, Angola e Moçambique.

Cristine destaca que a importância do evento está em aprender sobre as relações históricas e culturais que vinculam estes três países. “Alguns dos apresentadores são docentes de instituições africanas que estão realizando pesquisas na UFSC. Outros são convidados que coordenam o projeto Capes/AULP em parceria com países africanos”, acrescenta Cristine. A professora irá participar do evento com apresentação de trabalhos próprios e de seus alunos nos Grupos de Trabalhos (vide programação).

O evento também conta com o apoio do PPGLIN, com parceria patrocinada pela Capes, e instituições como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Projeto de Descrição e Documentação de Línguas Moçambicanas, que têm acordos de intercâmbio cultural com a Angola. Programação final Seminário Internacional de Linguas Africanas

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail linguasafricanas@gmail.com.

 

Gisele Flôres/Estagiária de Jornalismo Agecom/DGC/UFSC

Facebook Twitter

Professor de universidade suíça ministra disciplina no Centro de Desportos
Publicado em 29 de julho de 2015

O Programa de Pós-Graduação em Educação Física do Centro de Desportos (CDS) recebe até sexta-feira, 31 de julho, o professor visitante Nicolas Place. Ele irá ministrar a disciplina “Estudos Avançados em Biodinâmica do Desempenho Humano”, sob a responsabilidade dos professores Luiz Guilherme Antonacci Guglielmo e Ricardo Dantas de Lucas.

Aula prática de eletroestimulação com os mestrandos e doutorandos no Laboratório de Esforço Físico. Foto: CDS/UFSC

Aula prática de eletroestimulação com os mestrandos e doutorandos no Laboratório de Esforço Físico. Foto: CDS/UFSC

Nicolas é professor e pesquisador do Instituto de Ciências do Esporte da Universidade de Lausanne, Suíça, atuando na linha da plasticidade muscular, principalmente relacionada à fadiga. Ele possui graduação em Educação Física, mestrado e doutorado em Fisiologia Neuromuscular pela Université de Bourgogne (Dijon, França) e Pós Doutorado em Fisiologia Muscular pelo Karolinksa Institute (Estocolmo, Suécia).

O objetivo principal da disciplina ministrada pelo professor Nicolas Place na UFSC é apresentar para os alunos do curso a utilização de diferentes técnicas de medida de fadiga central e periférica para sua compreensão e sua aplicação no esporte. “É importante ressaltar que o professor Nicolas Place aceitou coorientar a aluna Naiandra Dittrich durante o período do seu Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), a ser realizado na Universidade de Lausanne com apoio e financiamento da Capes”, diz o professor Guglielmo, coordenador do Laboratório de Esforço Físico. “Agradecemos ao apoio da direção do CDS pela viabilização desta iniciativa tão promissora para a formação dos discentes do programa de Pós-Graduação em Educação Física”.

Mais informações com Luiz Guilherme Antonacci Guglielmo, pelos telefones (48) 3721-9792/9924.

Facebook Twitter

Livro sobre fortalezas terá sessão de autógrafos no simpósio da ANPUH
Publicado em 29 de julho de 2015

O livro As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786, de autoria dos arquitetos Roberto Tonera e Mário Mendonça de Oliveira, conta com mais uma sessão de autógrafos na noite desta terça-feira, 29 de julho, às 18h, no hall superior do Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, durante o Simpósio Nacional da Associação dos Professores Universitários de História (ANPUH).

A obra, em nova edição, revisada e ampliada, da Editora da UFSC (EdUFSC), apresenta um manuscrito do século XVIII do engenheiro militar José Correia Rangel contextualizado por Roberto Tonera e Mário Mendonça de Oliveira.

A Editora da UFSC  oferece o livro a preço de custo, R$ 30, enquanto durar a tiragem subsidiada pelo Ministério da Cultura (MEC).

 

Documento

Um dos documentos mais antigos e importantes da história das fortificações de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, o manuscrito de Rangel traz em detalhes imagens e dados sobre esses locais, e os homens que neles viviam, desempenhando o papel de guarnecê-los.

As 76 páginas do original são reproduzidas em fac-símile, com todas as informações necessárias à contextualização das informações contidas em textos introdutórios e notas explicativas de Tonera e Mendonça.

Hoje depositado no Arquivo Histórico Militar de Lisboa, o documento contribui para a pesquisa do cotidiano da vida militar na segunda metade do século XVIII, para o estudo das fortificações portuguesas no Brasil, e para a compreensão das origens de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Fotografias das fortificações ainda existentes, outras iconografias da época, glossário técnico ilustrado e bibliografia de referência complementam o livro, que também traz encartado CD-ROM com o conteúdo integral da obra impressa, acrescido de outros recursos virtuais. A realização da obra teve apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, patrocínio do programa Mecenas, além de suporte cultural da Exército brasileiro.

Mais informações com Roberto Tonera, pelo telefone (48) 9963-6324.

Facebook Twitter

Disciplina ‘Propriedade Intelectual, Transferência de Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo’ será oferecida em 2015.2
Publicado em 29 de julho de 2015

O Departamento de Inovação Tecnológica (DIT) da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da UFSC irá oferecer, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Farmácia (PGFar), a disciplina “Propriedade Intelectual, Transferência de Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo”.  O período de inscrições vai de 15 a 31 de agosto.

Com carga horária de 60 horas (4 créditos), a disciplina será desenvolvida em dois módulos  ministrados por professores da UFSC e Sebrae. O local de realização da disciplina será no auditório do Centro Socioeconômico

No 1º módulo, com aulas presenciais de 14 a 18 de setembro, serão apresentados conceitos em inovação, transferência de tecnologia, propriedade intelectual e legislação pertinente.

No 2º módulo, de 19 de setembro a 11 de outubro, conceitos de empreendedorismo serão ministrados na forma de ensino a distância (EAD) oferecida pelo Sebrae através de uma ferramenta dinâmica e didática, inclusive para a aprendizagem de construção de modelos de negócios.

Para alunos regulares de qualquer curso de pós-graduação da UFSC, a inscrição é realizada pela secretaria de seu curso com o PGFar. Para estudantes de graduação ou aluno ouvinte, haverá um link para inscrição no site.

Os alunos de graduação receberão certificado que pode ser utilizado para horas de atividades complementares/extra classe.

Confira a ementa e plano de disciplinas.

Mais informações no DIT, pelo telefone (48) 3721-9628.

Facebook Twitter
  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 01 de julho 2015 - 5:49:28
SeTIC
Páginas UFSC